Blefaroplastia (Cirurgia Pálpebras)

(Cirurgia das pálpebras, olhar caído, olhar cansado, pálpebras caídas, bolsas palpebrais, bolsas de gordura na pálpebra)

Descrição:

A cirurgia pálpebras pode corrigir o excesso de pele da dobra natural das pálpebras superiores, pele pendurada das pálpebras superiores, talvez prejudicando a visão, aparência inchada nas pálpebras superiores, fazendo com que os olhos parecem cansados, excesso de pele com rugas, tipo papel crepom amassado, rugas das pálpebras inferiores e bolsas gordurosas e círculos escuros sob os olhos e pálpebra inferior evertida.

Esses problemas, embora outros tratamentos também devam ser considerados. São habitualmente corrigidos pela blefaroplastia. Porém se a condição da pálpebra superior é acompanhada por flacidez das sobrancelhas, uma elevação da testa pode ser recomendada. Alisamento de pé de galinha pode ser realizada com Botox ®, peeling químico ou laser. Círculos embaixo dos olhos causados pela pigmentação escura podem ser tratados com enchimentos tais como ácido hialurônico ou gordura, bem como solução de branqueamento ou peeling químico. Seu cirurgião plástico pode fornecer informações adicionais se você tiver interesse em qualquer um desses procedimentos adicionais.

Técnicas cirúrgicas:

Uma das várias técnicas da cirurgia pálpebras pode ser sugerida para melhorar a aparência de suas pálpebras. A técnica especial, recomendada pelo seu cirurgião plástico vai depender de muitos fatores, tais como a quantidade de gordura e excesso de pele nas regiões das pálpebras, a posição de suas sobrancelhas, e a condição dos músculos em torno de suas pálpebras. Devido a fatores individuais, nem todos vão conseguir os mesmos resultados da cirurgia de pálpebra. Seu cirurgião plástico irá selecionar a técnica cirúrgica que ele sabe que irá obter o melhor resultado para você.

Pálpebras superiores:

Para a cirurgia da pálpebra superior, geralmente é feita uma incisão escondida na prega natural da pálpebra superior e se estende um pouco além do canto externo para as linhas de rir ou de outros vincos existentes. Através desta incisão, o excesso de pele e tecido gorduroso são removidos. Devido a incisão seguir o contorno natural da pálpebra superior, geralmente é imperceptível.

Pálpebras inferiores:

Nas pálpebras inferiores, a cicatriz é escondida pois a incisão é feita logo abaixo dos cílios inferiores. Através desta incisão, o excesso de pele, músculo e gordura são removidos, ou a gordura pode ser redistribuída para eliminar o inchaço ou protuberâncias. Outros ajustes para corrigir problemas especiais, tais como flacidez muscular podem ser realizados. Como na cirurgia da pálpebra superior, a colocação da incisão nas linhas de vinco natural permite que a cicatriz fique geralmente imperceptível. Em alguns casos, você e seu cirurgião podem decidir se a melhor abordagem para a remoção do excesso de gordura e pele é através de uma incisão colocada na altura da borda inferior da órbita, isso permite a retirada de xantelasmas. Esta técnica requer uma incisão externa, mas quando bem indicada e discutida pode ser vantajosa.

Duração:

Normalmente a blefaroplastia demora 1 hora sendo feita sob anestesia local. São 15 minutos em média para cada pálpebra.

Efeitos colaterais:

Felizmente, as complicações significativas da cirurgia estética das pálpebras são infrequentes. Todos os anos, milhares de pessoas são submetidas à cirurgia da pálpebra com êxito, sem experimentar qualquer problema grave.

O tema dos riscos e possíveis complicações da cirurgia é a melhor discutido em uma base pessoal entre você e seu cirurgião, ou com um membro do pessoal no consultório do seu cirurgião. Após a cirurgia, pode haver uma sensação de secura ou irritação no olho que requer tratamento com colírios. Existe a possibilidade da função palpebral estar diminuída o que algumas vezes pode precisar ser corrigida por cirurgia adicional.

Você pode ajudar a minimizar os riscos, seguindo os conselhos e as instruções de seu cirurgião plástico, antes e após a cirurgia da pálpebra.

Recuperação e cuidados pós operatórios:

É importante saber que o tempo que leva para a recuperação varia muito entre os indivíduos.

Nos primeiros dias após a cirurgia, você deve descansar tranquilamente com a cabeça elevada. Seu cirurgião pode instruí-lo a aplicar compressas frias em suas pálpebras. Lembre-se, você não deve tomar aspirina ou certos medicamentos anti-inflamatórios. Inicialmente, você pode sentir uma “sensação” de aperto ao redor dos olhos e um leve desconforto que pode ser controlado com medicação oral. Durante as primeiras 48 horas após a cirurgia, os pacientes experimentam diversos graus de edema e hematomas. Em alguns pacientes um leve inchaço pode persistir por várias semanas, enquanto outros podem ver o inchaço se resolver em menos de uma semana. Equimoses geralmente desaparecem dentro de sete a dez dias. Após a primeira semana, você terá permissão para usar maquiagem, se necessário, para esconder qualquer descoloração. Os pontos são normalmente removidos dentro de uma semana da cirurgia.

Sua visão pode continuar a ser um pouco embaçada por alguns dias ou mais. Seus olhos podem ficar temporariamente sensíveis à luz, e você pode ter excesso de lacrimejamento ou secura. Alguns cirurgiões plásticos recomendam colírio para ajudar a aliviar a queimação ou coceira. Você pode querer usar óculos escuros por algumas semanas para proteger os olhos do vento e da irritação.

Esforço, flexão e elevação devem ser evitadas durante o período pós-operatório imediato. Em muitos casos, você será capaz de retomar a maioria de suas atividades normais dentro de dez dias ou menos. Se você voltar ao trabalho poucos dias após a cirurgia, sua visão pode ainda estar um pouco embaçada, o que pode tornar a leitura mais difícil.

Riscos:

Os riscos na maioria das cirurgias são semelhantes. Algumas das complicações potenciais que podem ser discutidas com você incluem hematoma (acúmulo de sangue sob a pele que podem exigir a remoção), infecções, alterações na sensibilidade, cicatrizes, reações alérgicas, danos às estruturas subjacentes, necessidade de revisões, ou resultados insatisfatórios que possivelmente requeiram procedimentos adicionais.

Resultados:

A Cirurgia Pálpebras  tem o efeito de tornar seu olhar mais descansado, fresco e alerta. O processo de cicatrização é gradual, você deve esperar por pelo menos algumas semanas para obter uma imagem precisa dos resultados de sua cirurgia de pálpebra. As incisões vão clarear ao longo de vários meses, geralmente tornando-se pouco visíveis. Os resultados da cirurgia estética das pálpebras são geralmente de longa duração, mas eles podem ser afetados pela hereditariedade e fatores de estilo de vida. A remoção da gordura das pálpebras, que geralmente é a causa do inchaço e das bolsas, é permanente, e essas condições geralmente não recidivam. A pele continua a envelhecer, portanto, a flacidez da pele, juntamente com o enrugamento fino da área das pálpebras pode, em algum momento, retornar. Às vezes, perda de tônus na testa provoca flacidez adicional das sobrancelhas, que imita uma recorrência de pálpebras caídas superior. Se isso acontecer, pode exigir correção do elevador da testa ou um procedimento secundário da pálpebra. Mesmo que o processo de envelhecimento continue, os pacientes ficam geralmente satisfeitos com sua aparência por muitos anos após a cirurgia da pálpebra. Alguns pacientes querem fazer melhorias adicionais em um momento posterior.