(Peitinho, plástica mamária masculina não estética.)

Descrição:

Ginecomastia é um termo médico que se origina das palavras gregas “seios de mulher.” Esta condição é muito mais comum do que muitos imaginam. A ginecomastia afeta um número estimado de 40 a 60 por cento da população masculina. Pode afetar apenas uma mama ou ambas. Apesar de certas drogas, como esteroides anabolizantes, medicamentos contendo estrogênio, álcool, maconha, etc., e condições médicas, incluindo câncer, insuficiência hepática, para citar apenas algumas, podem causar ou contribuir para o aumento das mamas masculinas, é amplamente aceito que um grande percentual de casos deve-se a fatores desconhecidos.

Homens de qualquer idade que são saudáveis e emocionalmente estáveis são considerados bons candidatos para a cirurgia de redução de mama masculina. Os melhores candidatos são aqueles que têm pele firme e elástica.

Técnicas cirúrgicas:

Mamas do sexo masculino podem ser reduzidas pela lipoaspiração e / ou excisando o tecido glandular em excesso. Se o excesso de tecido glandular, gordura e pele estiver presente, ele será removido.

A cirurgia pode ser realizada individualmente ou em conjunto com lipoaspiração, onde o dispositivo de sucção, normalmente é inserido através das incisões existentes. Para a remoção de tecido adiposo em excesso, a lipoaspiração em alguns casos pode ser tudo o que é necessário, em tais casos, as cicatrizes serão pequenas e pouco visíveis.

Duração:

O processo de redução da mama masculina leva uma média de duas horas, normalmente em regime de ambulatório, utilizando-se anestesia geral ou local com sedação.

Efeitos colaterais

Haverão cicatrizes ao redor da aréola, mas tendem a tornar-se menos visível com o passar do tempo. Assimetria no pós-operatório, embora rara, é possível. Nesses casos um retoque pode ser necessário para remover o tecido adicional.

Recuperação e cuidados pós operatórios:

Haverá alguns hematomas no pós-operatório, inchaço e sensação de queimação. Para ajudar no processo de cura, o paciente irá usar uma roupa elástica de compressão por 3-6 semanas e devem evitar expor as cicatrizes ao sol por pelo menos seis meses.

Após pouco tempo de repouso você pode retornar ao trabalho e as atividades físicas, normalmente dentro de uma semana, a menos que estejam envolvidas atividades extenuantes ou outras cirurgias associadas.

Riscos:

Infreqüentes complicações podem incluir infecção, necroses da pele, acúmulo de líquidos, hemorragia, cicatrizes ou alterações na pigmentação.

Resultados:

Os resultados são permanentes, embora a obesidade posterior pode criar um efeito-como ginecomastia. Alguns dos benefícios da cirurgia incluem um peito firme e mais liso, isso causa ao paciente do sexo masculino um aumento na autoconfiança.