Quando a cirurgia plástica melhora a saúde e a autoestimaAs cirurgias plásticas não podem ser vistas apenas como intervenções estéticas. Estudos comprovam que este tipo de procedimento possui efeitos positivos ao elevar a autoestima e devolver a identidade perdida pelo paciente.

Os impactos dos inúmeros procedimentos são visíveis no que tange a recuperação não apenas da autoestima, mas da saúde psicológica de muitas pessoas. A autoestima elevada é responsável por promover uma blindagem no cérebro, afastando problemas relacionados à autoimagem, como a depressão, e ajudando até na recuperação de doenças.

Isso faz com que pessoas obtenham mais benefícios com a cirurgia plástica do que simplesmente uma mudança na aparência.

Os mais variados procedimentos desempenhados pelo cirurgião plástico podem, por exemplo, tratar imperfeições com a otoplastia, cirurgia que corrige a orelha de abano, que é um dos motivos para crianças e adultos sofrerem bullying.

As cirurgias também reparam danos sofridos por pessoas em acidentes ou causados doenças como o câncer.

O efeito estético da intervenção cirúrgica também é sentido por pessoas que tiveram um grande emagrecimento após redução de estômago ou dieta e precisam se livrar do excesso de pele e de gordura localizada, o que é possível realizar com a dermolipectomia abdominal higiênica para remoção do excesso de pele no abdômen ou ainda a lipoescultura, que retira gordura localizada de áreas do corpo e permite injetá-la em outras áreas onde falta essa gordura.

No entanto, como existem riscos, não é indicado procurar a cirurgia para qualquer detalhe. O conselho dos especialistas para avaliar se o momento é certo para procurar um cirurgião plástico é notar se algo da aparência começa a incomodar de tal forma que a pessoa altera seu comportamento e muda seus hábitos para evitar se expor e expor esse problema.

Além disso, ao decidir realizar a cirurgia plástica é necessário se cercar de todo cuidado como, por exemplo, verificar se o médico tem registro, o que pode ser feito no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (http://www2.cirurgiaplastica.org.br/), seguir todas as orientações do médicos sobre os cuidados durante os períodos pré e pós-operatório e conversar com o cirurgião para entender bem sobre o procedimento que pretende realizar.

Filed under: Cirurgia Plastica